15/07
terça-feira

Adesivo anticoncepcional: rápida explicação

O adesivo anticoncepcional também é à base de hormônio, colados e absorvidos pela pele. O estrogênio e a progesterona, contidos no adesivo, evitam a ovulação.
O primeiro adesivo deve ser colocado no primeiro dia da menstruação. Os adesivos vêm em três unidades para serem usados de forma consecutiva. Após as três semanas de uso, é necessário fazer uma semana de pausa.
Caso haja o deslocamento total ou parcial do adesivo por menos de 24 horas, recoloque o mesmo adesivo (se permanecer aderido) ou cole um novo adesivo, para evitar a perda da eficácia. Se o anticoncepcional estiver descolado por mais de um dia, será necessário colar um novo adesivo e reiniciar um novo ciclo. Também se aconselha realizar um método de barreira por sete dias (camisinha).
É um método contraceptivo muito eficaz e possui poucos efeitos colaterais, como dores de cabeça, cólicas menstruais leves e náuseas. Para mulheres acima do peso é possível que ocorra uma redução na eficiência desse método contraceptivo, sendo recomendado outro preventivo.

 
08/06
domingo

O que fazer em casos de acidentes com o adesivo contraceptivo

* Esquecimentos de mudança de adesivo superiores a 1 dia: dependendo do tempo e altura do esquecimento, poderá haver necessidade de um método contraceptivo adicional durante 1 semana. Estes esquecimentos poderão levar à alteração do dia de mudança do adesivo.
* O adesivo descolou poderá exercer-se um ligeira pressão e se não aderir colocar um de substituição.
* Se o adesivo caiu há menos de 1 dia poderá colar novamente ou colocar um novo. Se caiu há mais de 1 dia deverá colar-se um novo e proceder como se fosse um esquecimento.

 
01/06
domingo

Adesivo anticoncepcional: como administra-lo

* Não aplique o adesivo sobre a mama;
* Pode selecionar um local diferente cada semana. Mas seja qual for o local escolhido, o adesivo tem de permanecer nesse local durante 7 dias;
* Pode utilizar no mesmo local todas as semanas. No entanto, deve-se evitar colocá-lo exatamente no mesmo ponto. Por exemplo, se o local escolhido para aplicar for no abdómen, quando se colocar o adesivo da semana seguinte, deverá colocar no lado oposto;
* Não aplicar o adesivo em pele vermelha, irritada ou com cortes;
* Aplicar em pele limpa e seca, sem cremes, óleos ou loções;
* Retirar primeiro metade da proteção e colar e depois a outra parte, tendo atenção para não tocar com os dedos na parte adesiva;
* Exercer alguma pressão para que fique bem colado;
* Só deve ser utilizado um adesivo de cada vez (Deve retirar-se o usado antes de aplicar o novo);
* Deve-se verificar o adesivo todos os dias para certificar que está bem colocado.

 
23/10
quarta-feira

Adesivo anticoncepcional: o que é, vantagens e desvantagens

Veja agora o que é, vantagens e desvantagens do uso do adesivo anticoncepcional.
Mas vale lembrar que antes de usar qualquer método contraceptivo, o ginecologista deve ser consultado. É ele quem irá indicar o melhor para você.

 
15/01
terça-feira

Uso de adesivo anticoncepcional

anticoncepcional, menstruação, pílula, eficácia, engordar, cabelo, intestino, alimentos, vestido de dama de honra, moda, cozinha, gravidez, menopausa, pílula do dia seguinte, anticoncepcional mensal, anticoncepcional trimestral, líbido, adesivo anticoncepcional, adesivo em anticoncepcional, sangramento, anticoncepcional que dao sono, anticoncepcional 21 dias, dosagem, cabelos oleosos, injetavel mensal, esquecimento na tomada, pele, anticoncepcional modo de usar, crescimento do cabelo, ausência de menstruação, parar de menstruar, anticoncepcional em adesivo, nuvaring, anticoncepcional Cerazette, MirenaPosso usar o adesivo anticoncepcional sem consultar um ginecologista antes? Uso camisinha mas ela me incomoda.

É claro que NÂO! O uso de qualquer medicamento – e os métodos hormonais também são medicamentos – deverá ser sempre prescrito pelo médico. Afinal, como saberá se pode ou não usar? Se ele fará bem ou mal? Não faça isso por conta própria.

Dúvida de uma internauta

 
02/12
domingo

Explicação breve: adesivo cutâneo

anticoncepcional, engordar, eficácia, gravidez, pílulaO adesivo cutâneo é colado na pele, libera o hormônio gradativamente, impedindo a ovulação. Deve ser trocado a cada semana.
Assim como qualquer método contraceptivo, o adesivo pode causar alguns efeitos colaterais como náuseas, dores de cabeça, cólica menstrual, desconforto abdominal e outros, podendo até mesmo ocorrer pequenos sangramentos, afinal o organismo está se adaptando a algo novo, mas, que com o passar do tempo só trará benefícios ao organismo. Outro problema dos adesivos anticoncepcionais é em relação ao seu valor alto, mas a relação custo benefício compensa o uso do produto.

 
03/06
domingo

Método hormonal: adesivo anticoncepcional

Grau de eficácia na prevenção da gravidez
Segurança muito elevada: 99,7% de eficácia

O que é?
O adesivo quadrangular contém estrogénio e progesterona e é colocado no abdómen, coxas, nádegas ou parte superior do braço. As hormonas são libertadas continuamente, penetrando na corrente sanguínea através da pele.
O adesivo deve ser mudado semanalmente durante 3 semanas, seguido de uma semana de pausa.

Será este método adequado para mim?
O adesivo proporciona uma forma alternativa de contracepção hormonas combinada relativamente á pílula combinada e que se utiliza uma vez por semana.
Aplica-se no braço, nas nádegas ou abdómen. Não é transparente pelo que este método contraceptivo é visível.
Efeitos secundários possíveis são dores de cabeça, tensão mamária, irritações cutâneas e alteração nas hemorragias vaginais.

Read more: http://autoadolescencia.blogs.sapo.pt/tag/adesivo#ixzz1wZrp2MxM

 
25/05
sexta-feira

Adesivo anticoncepcional dobra o risco de coágulo em relação à pílula

Mulheres que usam um anel vaginal ou adesivo na pele para evitar uma gravidez indesejada têm em torno de duas vezes mais chances de desenvolver um coágulo de sangue, em comparação com as que tomam pílula anticoncepcional, segundo estudo feito pela Universidade de Conpenhagen. As informações são do Daily Mail.

Todos os tipos de pílulas aumentam ligeiramente o risco do problema, que pode levar à trombose venosa profunda na perna ou no braço e, potencialmente, à fatal embolia pulmonar.

Porém, uma pesquisa dinamarquesa concluiu que o perigo é ainda maior quando se trata de outros métodos contraceptivos.

Mulheres que usam o adesivo na pele têm cerca de oito vezes mais propensão a ter trombose venosa e aquelas que usam o anel vaginal têm 6,5 ​​vezes mais chances, contra as que não usam qualquer tipo de contracepção hormonal.

A equipe, liderada pelo professor Xjvind Lidegaard, revisou os dados sobre métodos contraceptivos hormonais não orais em relação à trombose venosa em todas as dinamarqueses não-gestantes entre 15 e 49 anos, de 2001 a 2010.

Os resultados vieram a partir de dados de 3.434 diagnósticos confirmados do coágulo.

Fonte: http://www.lealjunior.com.br

 
24/05
quinta-feira

Adesivo contraceptivo: Essa moda pega?

Semelhante à pílula anticoncepcional, o adesivo contraceptivo (que pode ser colado em qualquer parte do corpo, exceto mamas) deve ser usado constantemente, se a mulher parar de usar ela estará suscetível para engravidar. Vendem-se cartelas com três adesivos bem finos e cada um deve ser colocado uma vez por semana, sempre no mesmo dia. Após o início do uso, contam-se três semanas usando o adesivo (uma semana com cada um). Na quarta semana a mulher para de usar e aparecerá o sangramento (semelhante ao método da pílula). Após sete dias sem usar o adesivo, ela retoma seu uso e continua da mesma forma explicada acima.
E se esquecer de trocar?
O adesivo deve ser trocado a cada semana, mas se a mulher esquecer em até 48 horas ela pode ficar tranquila, pois o adesivo possui uma reserva de hormônios para esse período. Assim, a mulher troca de adesivo ao se lembrar, mas mantém a troca do próximo para o mesmo dia da semana que ela vinha trocando antes do esquecimento.
E pode tomar banho?
Uma dúvida frequente é se o adesivo descola quando a mulher toma banho. Podem ficar tranquilas meninas, o adesivo dificilmente vai se descolar sem uma retira brusca ou intencional. Já foi comprovado com mulheres que passam muito tempo dentro da água (natação, hidroginástica e outros esportes aquáticos) que as chances de o adesivo descolar totalmente são bem pequenas (1,1%).
Desvantagem
O adesivo não está disponível gratuitamente e seu preço é bem elevado. Os sintomas que algumas mulheres sentem quando tomam pílulas, como desconfortos físicos e mal estar, podem ser sentidos também quando usar o adesivo, isso varia de mulher para mulher.
Vantagens
Além das vantagens já citadas durante o texto, o adesivo tem pouco hormônio masculino, o que favorece a libido da mulher (os maridos vão aprovar!).

Fonte: http://soudiva.com/adesivo-contraceptivo-essa-moda-pega

 
23/05
quarta-feira

Explicação detalhada do uso correto do adesivo anticoncepcional

* Abra o envelope, rasgando a parte superior e a lateral do envelope.
* Você verá que o adesivo é coberto por uma camada de plástico claro. É importante remover o adesivo e o plástico juntos do envelope. Usando a ponta de sua unha, levante uma ponta do adesivo e retire o adesivo e o plástico da embalagem. Algumas vezes, o adesivo pode grudar no interior do envelope – tenha cuidado para não remover acidentalmente a camada clara quando você remover o adesivo.
* Retire metade do plástico claro e tenha cuidado para não tocar na superfície aderente do adesivo.
* Aplique a parte aderente do adesivo na sua pele limpa e seca e depois remova a outra metade do plástico transparente. Pressione firmemente o adesivo com a palma da sua mão por aproximadamente dez segundos, certificando-se que as bordas do adesivo estejam bem aderidas. Verifique diariamente a adequada aderência das bordas.
* Use o adesivo durante 7 dias (uma semana). No “Dia de Troca”, “Dia 8″, remova o adesivo e aplique outro adesivo imediatamente.
* O adesivo usado ainda contém princípios ativos e deve ser dobrado ao meio, aderido a si mesmo, antes de ser jogado no lixo.

Observação:
No momento da troca de adesivo, é preferível aplicar primeiro o novo adesivo e depois retirar o velho. A justificativa dessa atitude é que se, ao colocar o novo, por alguma razão, este não fica bem aderido ou se contamina no ato da colocação, a mulher pode ficar com o velho até comprar outro novo, já que o adesivo é ativo ainda por 48 horas após completar sete dias de uso. Isto é especialmente importante quando se está aplicando o terceiro adesivo, momento em que a usuária não tem outros adesivos em casa.