09/07
quarta-feira

Anticoncepcional Gestinol 28: interações medicamentosas

Barbitúricos, fenilbutazona, hidantoína, rifampicina, primidona, carbamazepina, griseofulvina, que são indutores de enzimas hepáticas podem reduzir o efeito contraceptivo. As necessidades de medicamentos hipoglicemiantes orais ou insulina podem ser alteradas, como resultado do efeito da tolerância à glicose. Antibióticos incluindo ampicilina e tetraciclina podem reduzir a eficácia dos contraceptivos orais por causar alterações da flora intestinal. Mulheres recebendo indutores de enzimas hepáticas ou antibióticos de amplo espectro devem utilizar concomitantemente métodos contraceptivos de barreira (por ex.: diafragma mais espermicida ou preservativo masculino). Interação com testes laboratoriais: o uso de contraceptivos orais pode influenciar no resultado de alguns testes laboratoriais, incluindo parâmetros bioquímicos hepáticos, da tireóide, adrenal e função renal, níveis plasmáticos de proteínas de ligação e fração lipídio/lipoprotéica, parâmetros do metabolismo de carboidratos e parâmetros de coagulação e fibrinólise.

 
30/05
sexta-feira

Anticoncepcional Gestinol 28: saiba mais

* É indicada para mulheres que querem interromper a menstruação por um período determinado ou para tratamento dos sintomas da menstruação, como cólicas muito fortes, enxaqueca e tensão-pré-menstrual;
* Além de evitar a gravidez, a adoção da pílula anticoncepcional de uso contínuo minimiza os incômodos da menstruação;
* Diminui os riscos de doenças como endometriose e câncer de ovário;
* É eficaz na prevenção da endometriose, uma doença que atinge uma em cada dez mulheres no mundo todo;
* É possível tratar as dores e prevenir a recorrência da endometriose a partir de um método simples, barato e com poucos efeitos colaterais.

 
03/03
segunda-feira

Anticoncepcional Gestinol 28: quando ele é indicado

O anticoncepcional Gestinol 28 eh um anticoncepcional /pílula de uso contínuo que contêm apenas progesterona. É indicada para mulheres que querem interromper a menstruação por um período determinado ou para tratamento dos sintomas da menstruação, como cólicas muito fortes, enxaqueca e tensão-pré-menstrual.

Para portadoras de endo, esta pilula é indicada para o controle da doença. E em geral é usada após cirurgias e após o uso dos análogos.

No caso de miomas, espera-se que estes diminuam com o uso da pilula.

 
03/03
segunda-feira

Depoimento de quem toma Gestinol 28 para tratamento de mioma

Por Joana

Faz 3 anos que faço tratamento com o anticoncepcional Gestinol 28 pois tenho um mioma de 3 cm. Não aguento mais tomar hormônios, pois engordei 10 quilos e estou meio deprimida por isso. Vou marcar uma consulta com o meu ginecologista para ver o que fazer nesse caso.

 
20/01
quarta-feira

Tudo sobre o anticoncepcional Gestinol 28

1-)Como se faz o uso do anticoncepcional Gestinol 28?

Por conter baixas dosagens hormonais, devem ser ingeridas sem a pausa das versões tradicionais (que oferecem riscos à saúde se usadas de forma contínua). Toma os 28 comprimidos e assim que termina a cartela,começa a outra cartela sem dar pausa.O Cerazette contém só progesterona e o Gestinol associa progestogênio e estrogênio sintético.

2-)É comum ocorrer durante o uso do anticoncepcional Gestinol 28 ter sangramento de escape?

Se a usuária de Gestinol 28 iniciou o anticoncepcional no primeiro dia da menstruação, ele já estará fazendo efeito desde a primeira pílula. Vale lembrar que a primeira cartela é de adaptação do corpo ao hormônio que a pessoa está tomando. É muito comum ocorrer sangramento de escape (que é a manchinha de sangue e as vezes escura) até a terceira cartela.

3-)Qual é a vantagem e a desvantagem do anticoncepcional Gestinol 28?

Vantagem:Redução de cólicas.

Desvantagem:aumento de peso, dor de cabeça e sangramento.

4-)Qual é a advertência com o uso do anticoncepcional Gestinol 28?

Antes de iniciar o tratamento deve ser realizado exame clínico, que incluirá, entre outros, medida de pressãoarterial, pesquisa da glicosúria e, se necessário, hepatograma, além de minucioso exame ginecológico,incluindo mamas e citologia cervical oncológica. A possibilidade de gestação deve ser excluída. Em tratamento prolongado recomenda-se controle médico semestral. Durante o tratamento com esteróides sexuais, têm-se observado, algumas vezes, alterações hepáticas benignas e, muito mais raramente, também malignas, que em casos isolados podem provocar hemorragias intra-abdominais perigosas. Deve-se informar ao médico quaisquer queixas abdominais altas, não habituais, que não cedam espontaneamente em curto espaço de tempo,pois pode ser necessário interromper a administração. Mulheres com diabetes, hipertensão arterial, varizes,otosclerose, esclerose múltipla, epilepsia, porfi ria, tetania, coréia menor, antecedentes de fl ebite ou tendência para diabetes devem manter-se sob cuidadosa vigilância médica.

5-)É normal durante o uso do anticoncepcional Gestinol 28 a menstruação cessar?

Sim.O Gestinol 28 é uma pílula combinada monofásica mas CONTÍNUA (emenda-se uma cartela na cartela seguinte).O uso contínuo pode levar à amenorréia (falta de menstruação).Trata-se de mais uma opção contraceptiva, especialmente indicada para aquelas mulheres com grandes incômodos durante a menstruação e que optam por não menstruar, tentando com isso, eliminar esses sintomas (SPM – Síndrome pré-menstrual).

6-)A partir de quando o anticoncepcional Gestinol 28 começa a ter eficácia?

Segundo os fabricantes,a eficácia começa a fazer efeito a partir da primeira cartela.Mas começa mesmo a fazer efeito a partir da terceira cartela pois o organismo está se acostumando com o anticoncepcional.Antes disso recomenda-se o uso da camisinha.

7-)A bebida alcoólica corta o efeito do anticoncepcional Gestinol 28?

Não. A não ser que logo após  ingerir o medicamento o usuário faça uso abusivo da bebida alcoolica a ponto de passar mal e mandar tudo para fora (vomitar vulgarmente falando). Do contrário não tem problema.

OBS: Lembre-se que nenhum anticoncepcional protege de DST. Por isso o uso da camisinha é necessário.E antes de iniciar o uso de qualquer anticoncepcional, marque uma consulta com o ginecologista. Tomar medicamento por conta própria é um perigo para a saúde da mulher.