27/03
quarta-feira

Anticoncepcional Ciclo 21: você sabe tudo sobre esta pílula?

anticoncepcional, menstruação, pílula, eficácia, engordar, cabelo, intestino, alimentos, vestido de dama de honra, moda, cozinha, gravidez, menopausa, pílula do dia seguinte, anticoncepcional mensal, anticoncepcional trimestral, líbido, adesivo anticoncepcional, adesivo em anticoncepcional, sangramento, anticoncepcional que dao sono, anticoncepcional 21 dias, dosagem, cabelos oleosos, injetavel mensal, esquecimento na tomada, pele, anticoncepcional modo de usar, crescimento do cabelo, ausência de menstruação, parar de menstruar, anticoncepcional em adesivo, nuvaring, anticoncepcional Cerazette, Mirena, depoimento, anticoncepcional Yumi, anticoncepcional Elani Ciclo, DIU, SIU, DIU Mirena, injetável, camisinha feminina, trombose, implanon, anticoncepcional Miranova, implanon, anticoncepcional Femiane, camisinha, diafragma, implante subcutâneo, bebida alcoolica, anticoncepcional Ciclo 21, armazenamento,Usuárias do anticoncepcional Ciclo 21 sabem tudo sobre esta pílula?
Apesar de ter muitas informações disponíveis de forma fácil, muitas mulheres ainda tem dúvida, por exemplo, como usar o anticoncepcional de forma correta, se protege de uma possível gravidez, quando começa a fazer efeito, dentre outras.
Então por isso resolvi fazer tópicos para explicar de forma bem direta tudo sobre o anticocnepcional Ciclo 21. Mas vale lembrar que uma consulta regularmente no ginecologista é necessária.

* Cada comprimido de CICLO 21 contém: Levonorgestrel 0,15 mg; Etinilestradiol 0,03 mg.
* Indicação: Na prevenção de gravidez e no controle de irregularidades menstruais (nas insuficiências ovarianas, hemorragia uterina disfuncional, amenorréias de causa funcional, esterilidade por anovulação, distúrbio do ciclo menstrual e dismenorréia)
* Reações: Náuseas e(ou) vômitos, que são usualmente as reações adversas mais comuns. Distúrbios gastrintestinais, como empachamento e cólicas abdominais; alterações no fluxo menstrual; dismenorréia; cloasma ou melasma, que podem ser persistentes; alterações mamárias, incluindo sensibilidade, aumento ou secreção; alteração de peso; erupção cutânea (alérgica); candidíase vaginal; alterações de curvatura de córnea; intolerância a lentes de contato
* Tomar os comprimidos sempre à mesma hora do dia, ou aproximadamente.
* Se tiver que usar algum medicamento ao mesmo tempo, informar ao ginecologista antes de tomar para ver se interfere na eficácia
* Se caso vomitar ou tiver diarréia intensa durante as 4 primeiras horas após a tomada do comprimido, tomar outro.
* Certos remédios para emagrecer influenciam na eficácia da pílula
* Iniciar o uso do primeiro comprimido da primeira cartela no primeiro dia de menstruação
* O uso do CICLO 21 deve ser interrompido imediatamente quando ocorrerem: Instalação de enxaqueca ou agravamento das cefaléias já preexistentes; distúrbios agudos da visão, audição ou outras disfunções perceptivas; primeiros sintomas de tromboflebite ou tromboembolismo; desenvolvimento de icterícia (colestase), hepatite ou prurido generalizado; aumento de freqüência da ataques epiléticos; elevação significativa da pressão arterial; gravidez.
* Contém 21 comprimidos. Tomar 1 por dia e fazer a pausa de 7 dias. No oitavo dia iniciar nova cartela.

 
24/03
domingo

Depoimento de quem toma a pílula Ciclo 21

anticoncepcional, menstruação, pílula, eficácia, engordar, cabelo, intestino, alimentos, vestido de dama de honra, moda, cozinha, gravidez, menopausa, pílula do dia seguinte, anticoncepcional mensal, anticoncepcional trimestral, líbido, adesivo anticoncepcional, adesivo em anticoncepcional, sangramento, anticoncepcional que dao sono, anticoncepcional 21 dias, dosagem, cabelos oleosos, injetavel mensal, esquecimento na tomada, pele, anticoncepcional modo de usar, crescimento do cabelo, ausência de menstruação, parar de menstruar, anticoncepcional em adesivo, nuvaring, anticoncepcional Cerazette, Mirena, depoimento, anticoncepcional Yumi, anticoncepcional Elani Ciclo, DIU, SIU, DIU Mirena, injetável, camisinha feminina, trombose, implanon, anticoncepcional Miranova, implanon, anticoncepcional Femiane, camisinha, diafragma, implante subcutâneo, bebida alcoolica, anticoncepcional Ciclo 21Por Gabriella

Ciclo 21 é o primeiro anticoncepcional que eu tomo. Já faz uns 6 meses que tomo ele. Li algumas postagens e resolvi falar sobre minha experiência com ele. Nos 3 primeiros meses eu senti enjoo, dor de cabeça, tontura e retive líquido e parecia que eu estava na TPM o mês todo, mas foi durante o período de adaptação.
Hoje em dia não tenho nenhum efeito mais, não engordei, não tive espinhas, meu corpo não mudou em nada, e ele por me dá muitas náuseas no começo, me ajudou a parar de fumar, pois o cheiro de cigarro me dava enjoo. Ajudou a controlar o meu ciclo, que antes “parecia um rio por 7 dias”. Hoje fico no máximo 5 dias, parei de ter cólicas monstruosas e consigo malhar, trabalhar, viver normalmente nos dia que tô menstruada. A TPM deu uma maneira. Passei a adorar o ciclo 21 após a adaptação.

 
15/03
sexta-feira

Amamentação e uso do anticoncepcional Ciclo 21

anticoncepcional, menstruação, pílula, eficácia, engordar, cabelo, intestino, alimentos, vestido de dama de honra, moda, cozinha, gravidez, menopausa, pílula do dia seguinte, anticoncepcional mensal, anticoncepcional trimestral, líbido, adesivo anticoncepcional, adesivo em anticoncepcional, sangramento, anticoncepcional que dao sono, anticoncepcional 21 dias, dosagem, cabelos oleosos, injetavel mensal, esquecimento na tomada, pele, anticoncepcional modo de usar, crescimento do cabelo, ausência de menstruação, parar de menstruar, anticoncepcional em adesivo, nuvaring, anticoncepcional Cerazette, Mirena, depoimento, anticoncepcional Yumi, anticoncepcional Elani Ciclo, DIU, SIU, DIU Mirena, injetável, camisinha feminina, trombose, implanon, anticoncepcional Miranova, implanon, anticoncepcional Femiane, camisinha, diafragma, implante subcutâneo, bebida alcoolica, depoimento, anticoncepcional Ciclo 21Pergunta: Estou amamentando e gostaria de saber se o anticocnepcional Ciclo 21 é o mais recomendado.

Resposta: O cerazette é mais indicado para mulheres que amamentam pois possui apenas progesterona. Já os anticoncepcionais normais, como o Ciclo 21, possuem progesterona e estrogenio, e o estrogenio interfere na qualidade e quantidade de leite. Marque uma consulta com o seu ginecologista para fazer uma avaliação. Não tome nenhum medicamento sem antes consultar um ginecologista.

Dúvida de uma internauta

 
22/07
domingo

Uso na gravidez de Ciclo 21

Gravidez: este medicamento não deve ser utilizado por mulheres grávidas ou que possam ficar grávidas durante o tratamento. Estudos epidemiológicos abrangentes não revelaram aumento do risco de defeitos congênitos em crianças de mulheres que utilizaram contraceptivos orais combinados antes da gravidez. Os estudos não sugerem efeito teratogênico, especialmente no que diz respeito a anomalias cardíacas e defeitos de redução dos membros, quando os contraceptivos orais combinados são tomados inadvertidamente durante o início da gravidez (ver Contra-indicações). Este medicamento causa malformação ao bebe durante a gravidez. Amamentação: pequenas quantidades de contraceptivos esteroidais e/ou metabólitos foram identificados no leite materno e poucos efeitos adversos foram relatados em lactentes, incluindo icterícia e aumento das mamas. A lactação pode ser influenciada pelos contraceptivos orais combinados, uma vez que podem reduzir a quantidade e alterar a composição do leite materno. Em geral, não deve ser recomendado o uso de contraceptivos orais combinados até que a lactante tenha deixado totalmente de amamentar a criança.

 
20/07
sexta-feira

Anticoncepcional Ciclo 21: modo de uso

Os comprimidos devem ser tomados diariamente no mesmo horário e na ordem indicada na embalagem. Tomar um comprimido diariamente por 21 dias. A embalagem seguinte deve ser iniciada após um intervalo de 7 dias sem a ingestão de comprimidos, ou seja, no 8º dia após o término da embalagem anterior. Após 2-3 dias do último comprimido de Ciclo 21 ter sido tomado, inicia-se, em geral, hemorragia por supressão que pode não cessar antes do início da embalagem seguinte.

 
19/07
quinta-feira

Contra-indicação no uso do anticoncepcional Ciclo 21

Não deve ser utilizado em mulheres que apresentam: tromboflebite ou distúrbios tromboembólicos ou antecedentes de tromboflebite; doença vascular cerebral ou coronariana; carcinoma mamário ou dos genitais confirmado ou suspeito; neoplasia estrogênio-dependente; sangramento genital anormal de causa indeterminada; gravidez confirmada ou suspeita; antecedente de tumor hepático benigno ou maligno; distúrbios da função hepática intensos; distúrbio do metabolismo lipídico; antecedentes de herpes gestacional; diabetes com alterações vasculares; otosclerose agravada durante a gravidez e anemia falsiforme.

 
15/01
domingo

Avaliação do anticoncepcional Ciclo 21

Todo anticoncepcional usado de modo correto evita a gravidez. Porém os efeitos colaterais dependem um pouco de cada organismo e ocorre mais nas primeiras cartelas.

O ciclo 21 é um dos mais usados na saúde pública e não tem ocorrido grandes problemas com o uso dele.

 
22/11
terça-feira

Características do anticoncepcional Ciclo 21

Ciclo 21 é um contraceptivo oral que combina o componente estrogênico etinilestradiol e o
componente progestogênico levonorgestrel.
Os contraceptivos orais combinados agem por supressão das gonadotrofinas. Embora o
mecanismo primário dessa ação seja a inibição da ovulação, outras alterações incluem
mudanças no muco cervical (que aumenta a dificuldade de entrada do esperma no útero)
e no endométrio (que reduz a probabilidade de implantação). Quando corretamente e
constantemente ingeridas, a taxa provável de falha dos contraceptivos orais combinados
é de 0,1% por ano, entretanto, a taxa de falha durante uso típico é de 5% por ano para
todos os tipos de contraceptivos orais. A eficácia da maioria dos métodos de
contracepção depende da precisão com que eles são usados. A falha do método é mais
comum se os comprimidos de contraceptivos orais combinados são esquecidos. Os
seguintes benefícios à saúde relacionados ao uso de contraceptivos orais combinados
são confirmados pelos estudos epidemiológicos com formulações de contraceptivos orais
combinados utilizando amplamente doses maiores que 35 mg de etinilestradiol ou 50 mg
de mestranol:
Efeitos sobre a menstruação:
• melhora da regularidade do ciclo menstrual;
• diminuição da perda de sangue e da incidência de anemia ferropriva;
• diminuição da incidência de dismenorréia.
Efeitos relacionados à inibição da ovulação:
• diminuição da incidência de cistos ovarianos funcionais;
• diminuição da incidência de gravidez ectópica. União Química Ciclo 21

Outros benefícios não-contraceptivos:
• diminuição da incidência de fibroadenomas e de doença fibrocística da mama;
• diminuição da incidência de doença inflamatória pélvica aguda;
• diminuição da incidência de câncer endometrial;
• diminuição da incidência de câncer de ovário;
• diminuição da gravidade de acne.

 
20/11
domingo

Breve explicação: anticoncepcional Ciclo 21

Para obter- se o máximo de eficácia contraceptiva, CICLO 21 deve ser administrado conforme as instruções, a intervalos diários que não excedam 24 horas. As pacientes devem ser instruídas a tomar os comprimidos sempre à mesma hora do dia, preferencialmente após o jantar ou ao deitar. Primeiro ciclo: Durante o primeiro ciclo de tratamento, a paciente deve ser instruída para tomar um comprimido de CICLO 21 diariamente, durante 21 dias consecutivos, iniciando no 5º dia do ciclo menstrual (o primeiro dia do sangramento é considerado o 1º dia da menstruação). Passado este período, a administração deve ser suspensa durante 7 dias. A hemorragia por supressão deve ocorrer dentro de 3 dias após a ingestão do último comprimido. Ciclos seguintes: A paciente deve reiniciar a medicação no oitavo dia após ter tomado o último comprimido, procedimento este que deverá ser repetido em todos os ciclos subseqüentes, mesmo que a hemorragia por supressão esteja em curso. Desta maneira, cada ciclo de 21 dias de tratamento com CICLO 21 inicia-se sempre no mesmo dia da semana. CICLO 21 é eficaz somente se administrado conforme as instruções. Quando se inicia tratamento após o dia recomendado ou no período pós-parto, deve-se adicionalmente recorrer a um método mecânico (de barreira) de contracepção até que se tenha tomado CICLO 21 durante 14 dias consecutivos. Nestas situações deve ser considerada a possibilidade de ovulação e concepção antes do início da tomada dos comprimidos. A paciente que está mudando de outro contraceptivo para CICLO 21 deve iniciar o tratamento no mesmo dia em que iniciaria a próxima cartela do outro contraceptivo oral. No primeiro ciclo de tratamento, deve-se utilizar adicionalmente um método mecânico (de barreira) de contracepção até que se tenha administrado CICLO 21 durante 14 dias. Caso ocorra sangramento inter-menstrual transitório, a paciente deve ser instruída para continuar a medicação, uma vez que tal sangramento geralmente carece de importância clínica. Se a hemorragia for recorrente, persistente ou prolongada, o médico deve ser informado. Quando a paciente esquecer de tomar um ou dois comprimidos consecutivos, deve tomá-lo (s) tão logo se lembre, tomando o seguinte no horário habitual. Nestes casos deve a paciente utilizar adicionalmente um método mecânico de contracepção até que tenha tomado CICLO 21 por 14 dias consecutivos, ou até concluir o tratamento daquele más, caso existam menos de 14 comprimidos a serem tomados. Caso a paciente esqueça de tomar três comprimidos consecutivos, deve-se interromper o tratamento com CICLO 21 e descartar os comprimidos restantes. Novo tratamento deve ser iniciado no 8º dia após ter sido administrado o último comprimido. Deve-se usar método mecânico de contracepção até que se tenham tomado 14 comprimidos consecutivos. No caso de não ocorrer hemorragia por supressão e os comprimidos terem sido administrados corretamente, é pouco provável que tenha havido concepção, mesmo assim CICLO 21 não deverá ser reiniciado até que procedimentos diagnósticos excluam a possibilidade de gravidez. Caso a paciente não tenha utilizado CICLO 21 corretamente (esquecimento, inicio do tratamento após o dia recomendado), a possibilidade de gravidez deve ser considerada antes de reiniciar o tratamento.

 
20/07
quarta-feira

Depoimento de uma usuária do anticoncepcional Ciclo 21

Por Leticia

Comecei a usar o anticoncepcional Ciclo 21 e logo no início (2 primeiros meses) sentia náuseas, alterações de humor, dores de cabeça e tonturas. Sou naturalmente magra e com o remédio emagreci mais ainda e fiquei horrível. Tomei durante apenas 2 meses e não aguentei, o efeito foi muito forte. Minha menstruação é muito longa (8 dias), sangra demais, a cólica é muito forte e quando tomei Ciclo 21, cheguei a ficar com medo pois eu quase não menstruava (durava 3 dias). Parei de tomar e mudei para Diane 35, que é mais forte mas o principal dele é diminuir a acne (tenho muito), diminuir pelos e ajudar a combater a calvície (existem muitos casos em minha família). Espero que o efeito seja diferente do Ciclo 21, mas acho que em cada pessoa o efeito do remédio é diferente, de acordo com o que estudei sobre os anticoncepcionais.