20/01
sexta-feira

Anticoncepcional para diminuir o fluxo menstrual

 

O CEMICAMP, em parceria com a Bayer HealthCare Pharmaceuticals, realizou um levantamento com mais de 1.000 mulheres.
Publicidade
Os dados mostram que 66,1% usariam a pílula anticoncepcional para controlar a quantidade do fluxo menstrual. Desta maneira o fluxo poderia ser menos intenso e duraria menos tempo.
Boa parte das 1.111 mulheres que participaram de um levantamento realizado pelo Centro de Pesquisas em Saúde Reprodutiva de Campinas, CEMICAMP, ligado à Unicamp, em parceria com a Bayer HealthCare Pharmaceuticals, pensa desta maneira. “Essa pesquisa trouxe um resultado que, de certa forma, já era aguardado, pois é frequente escutarmos das mulheres que a menstruação gera impacto no dia-a-dia,” afirma Dr. Carlos Alberto Petta, professor do Departamento de Ginecologia da Unicamp e um dos pesquisadores.

Para Dr. Petta esse resultado reflete o perfil da mulher atual, visto que cerca de 70% das entrevistadas pelo estudo têm atividade remunerada e mais de 92% dessas mulheres trabalham fora de casa. Destas, 81,1% afirmaram que a menstruação poderia durar menos de 3 dias. “Nesse contexto, ficar menstruada durante quatro ou até mais dias, sentindo cólicas e tendo de se preocupar com a troca absorventes é, de fato, desconfortável,” comenta o pesquisador.

As mulheres também opinaram sobre o uso das pílulas anticoncepcionais para controlar a quantidade de sangramento menstrual. 66,1% delas responderam que usariam o contraceptivo hormonal para essa finalidade. Dentre essas, 82% afirmam que a pílula serviria para diminuir o fluxo, 22,6% para menstruar quando quiser e 12,7% para não menstruar quando desejar . “A pílula contraceptiva normalmente diminui o sangramento,” diz Dr Petta.

leia também
A experiência da primeira menstruação
Mulheres atletas – alterações no ciclo menstrual

“E nesse sentido, Qlaira é o único que foi testado para essa finalidade e estudos clínicos demonstraram que esse contraceptivo reduz a quantidade e a duração do sangramento, servindo também para tratar aquelas pacientes com fluxo exacerbado,”completa o especialista. Qlaira é uma pílula anticoncepcional com estrogênio natural, que torna-se uma molécula idêntica ao hormônio produzido pelo organismo feminino. Alguns estudos clínicos realizados para o desenvolvimento desta pílula demonstraram que suas usuárias deixaram de sangrar em 18% a 22% dos ciclos enquanto a utilizavam como método contraceptivo.

A pesquisa do CEMICAMP apontou ainda que uma parcela de aproximadamente 12% de mulheres afirmam gostar de menstruar por diversos motivos. Para algumas, menstruar é sinal de boa saúde (54,2%), outras afirmam que a menstruação confirma que não estão grávidas (38,9%), faz com que se sintam mais limpas (29%) e mais leves (26%), além de afirmar sua feminilidade (21,4%).

Por Catharina Apolinário

Fonte: http://vilamulher.terra.com.br

 

Comentários (3)

melissa disse em 20/01/2012:

Bom dia, eu tomava o anticoncepcional level, mas ele nao estava mais fazendo efeito correto entao troquei pelo ginesse com orientação do meu medico, porem gostaria de saber mais sobre ele, quantidade de hormonios, efeitos no corpo , ou seja, toda informação sobre esse medicamento !
Obrigada pela atenção !
Bjos

Gloriete Batista silva disse em 05/06/2012:

Gostaria de uma indicação de remédio que diminua meu fluxo menstrual que é muito intenso, de tal forma que várias vezes já passei vergonha na rua,
Obrigado

daiane martins de lima disse em 02/12/2013:

Tomo o ciclo 21 e reduziu bastante meu fluxo menstrual isso é normal…
Obrigada!

Deixe um comentário