15jun

Breve explicação a respeito do anticoncepcional Miranova

15 de junho de 2010

Miranova é um contraceptivo oral combinado que contém uma pequena quantidade de levonorgestrel (um progestagénio) e o etinilestradiol (um estrogênio). Devido à pequena quantidade destes hormônios, o Miranova é considerado um contraceptivo oral de baixa dosagem. A embalagem de Miranova tem 21 comprimidos revestidos. Cada comprimido está marcado com o dia da semana em que deve ser tomado. Deve-se tomar o comprimido, na mesma hora todos os dias, seguindo a direção setas na embalagem, até terem sido tomados todos os 21 comprimidos. Durante os 7 dias seguintes, não tome comprimidos. A menstruação deve aparecer durante estes 7 dias (hemorragia de privação). Normalmente aparece 2 a 3 dias depois do último comprimido de Miranova. Comece a embalagem seguinte ao 8º dia, mesmo que a menstruação continue. Alguns medicamentos podem impedir a pílula de ser eficaz. Estes incluem medicamentos utilizados para tratamento da epilepsia (primidona, fenitoína, barbitúricos, carbamazepina, oxcarbazepina, topiramato, felbamato); antibióticos (rifampicina, rifabutina, penicilina, tetraciclinas); antivirais (ritonavir, nevirapina) e produtos naturais como a Erva de São João.

Compartilhe:

Comentários

  1. admin disse:

    Liziane, td bem?

    Sugerimos que relate o que está acontecendo com a sua ginecologista. Ela irá lhe dar a melhor solução.
    Fique tranquila.
    Mas não suspende o uso sem orientação ginecológica.

    Att,
    meuanticoncepcional

Deixe o seu comentário!

ANÚNCIO

FACEBOOK

INSTAGRAM

TWITTER

CATEGORIAS

INSCREVA-SE EM NOSSA NEWSLETTER

Inscreva-se e receba atualizações e não perder as novidades!