24/10
segunda-feira

O anticoncepcional injetável é seguro?

 

A incidência de gestação durante tratamento com anticoncepcional injetável é praticamente igual à incidência durante o uso de anticoncepcional oral (0,5%). A grande vantagem do medicamento injetavel é a forma de administração: 1 ampola intramuscular no 8º dia do ciclo menstrual, sem a necessidade do uso diário de medicamento – como é o caso da pílula, que tem a chance de esquecimento e de disturbios gástricos como a náusea (mesmo quando tomada à noite).
A injeção tem como maior efeito colateral a irregularidade menstrual, que pode ocorrer ou não dependendo de cada paciente. Os efeitos colaterais de aumento de peso e cefaléia podem ocorrer independente da forma de administração, via oral ou injetável. O funcionamento tanto de um como de outro é igual: eles impedem a gravidez por inibir a ocorrência da ovulação.

 

Comentários (1)

Já :) disse em 25/10/2011:

Oi boa tarde, Tenho 18 anos, nunca tinha tomado anticoncepcional comecei fez um mês e meio mais ou menos… minha menstruação sempre foi super desregulada, namoro faz 3 ano tenho relação sem nenhuma prevenção, porem, na hora da ejaculação ele retira…
Comecei a tomar ADOLESS faz um mes e meio mais ou menos, porem, na segunda semana começou a descer, MUITO pouco, depois de uma semana parou…
O remedio acabou e a menstruação MESMO nao veio, e eu nao comecei outra cartela pq segundo a ginec. só toma qdo vier a menstruação…
Mas, fiquei mega preocupada.. liguei na ginec, mais a consulta é só para o fim do mes de novembro…
oq eu faço por enquanto? compro a cartela e tomo normalmente?

AGRADEÇOO SE ALGUEM PUDER ME DAR UMA AJUDINHA PQ TO BEM PREOCUPADA!
obrigada!
bjs

Deixe um comentário