22out

Alerta sobre a pílula do dia seguinte

efeitos da pílula do dia seguinte, métodos de contracepção, nomes de pilulas do dia seguinte, o que é contracepção de emergência, pilula gravidezA mulher não deve utilizar a pílula do dia seguinte como método contraceptivo rotineiro. O adequado é ter o acompanhamento ginecológico e este prescrever o anticoncepcional ideal. Atualmente existem outras formas de se prevenir. E ter o anticoncepcional do dia seguinte para situações somente de emergência.

O ideal mesmo é nunca utilizar esse método de emergência. Mas caso precise em situações extremas, é adequado o seu uso. Quanto menos o utilizar, melhor.

Então a pílula do dia seguinte não substitui métodos diários e muito menos a camisinha. E não previne as doenças (DST).

LEIA MAIS
22out

Depoimento de quem se adaptou com Selene

Anticoncepcional Selene, contracepção, contracepção feminina, contraceptivo feminino, contraceptivos femininos, depoimento, o que é metodos anticoncepcionais, pílula SelenePor Cleide

Já tomei o anticoncepcional Selene durante um tempo e perdi 5 quilos. Parei de tomar para tentar engravidar. Nisso engordei 10 quilos. Atualmente voltei a toma-lo pois estou tratando de ovário policístico. Como tem apenas 7 dias que reiniciei a tomada, estou tendo muito enjoo e dor de cabeça, o que é normal no período de adaptação. Tenho uma filha de 6 anos e não vejo a hora de ter mais um bebê.

LEIA MAIS
21out

Aprenda: Tudo sobre o diafragma de silicone

O diafragma é um contraceptivo de barreira com eficácia atestada pela Organização Mundial da Saúde.

 

Por praticamente não apresentar efeitos colaterais e contra-indicações, tem se mostrado uma opção importante para aquelas mulheres que não se adaptam a métodos hormonais.

 

Está disponível em seis tamanhos, que varia de 60 a 85 milímetros de forma a contemplar todas as mulheres. O médico deve medir o tamanho apropriado durante o exame ginecológico. É o próprio profissional quem colocará o diafragma com o tamanho certo, pois vai verificar se houve fixação e cobertura de todo o colo uterino. É importante verificar se há um incômodo ou deslocamento durante a consulta.

 

A sua retirada deve ocorrer após 8 horas no mínimo da relação sexual. Tempo que garante que não haverá mais espermatozoide vivo no canal vaginal.

 

O vídeo abaixo dá várias dicas importantes sobre o diafragma.

Fonte: youtube

LEIA MAIS
20out

Saiba: Efeitos colaterais da pílula de emergência

efeitos da pílula do dia seguinte, métodos de contracepção, nomes de pilulas do dia seguinte, o que é contracepção de emergênciaA quantidade de hormônio contido na pílula do dia seguinte é muito alta. É equivalente a aproximadamente meia cartela do anticoncepcional combinado. Com isso essa pílula d emergência vai causar alguns efeitos colaterais na mulher.

 

O efeito colateral mais comum é a irregularidade menstrual. Muitas vezes a mulher toma o anticoncepcional e acaba tendo um sangramento daqui a 40 dias ou 3 dias depois. Então ela altera muito o ciclo da mulher.

 

Além disso pode provocar náusea, vômitos, dor abdominal e dor de cabeça. Esses efeitos duram em torno de 24 horas.

LEIA MAIS
19out

Aprenda mais: pílula do dia seguinte

efeitos da pílula do dia seguinte, métodos de contracepção, nomes de pilulas do dia seguinte, o que é contracepção de emergênciaExistem dois tipos de pílula emergencial no mercado: uma que é dose única. E outra com dois comprimidos (um comprimido agora e outro daqui a 12 horas).

 

A pílula do dia seguinte deve ser utilizada nos casos em que a mulher teve uma relação desprevenida , ou seja, não utilizou preservativo ou método anticoncepcional que está habituada a usar. E deseja esse efeito de concepção. Há os casos de estupro, que também é indicado o uso dessa pílula emergencial.

 

Quanto antes a mulher ingerir a pílula do dia seguinte, maior a eficácia. O ideal é utilizar em até 72 horas após a relação. Sua eficácia vai diminuindo a cada hora que passa. Se a mulher teve relação e logo depois tomou o comprimido, a eficácia será maior do que se tivesse tomado dois dias depois.

 

Se a mulher tiver náusea e acabar vomitando ou tiver com o quadro de diarreia, até duas horas depois que ela utilizou a pílula, deve repetir a dose.

LEIA MAIS
18out

Como atingir a eficácia da pilula oral

contracepção, contracepção feminina, métodos de contracepção, o que é metodos anticoncepcionais, pílula contraceptiva, pilula metodo contraceptivoA pílula tem que ter uma educação na sua tomada. A grande maioria das pílulas são compostas por 21 comprimidos. Deve ser tomada regularmente e de preferência no mesmo horário. Ou seja, a pílula exige uma disciplina.

 

A preferência de tomar sempre no mesmo horário se deve ao fato de que o comprimido da pílula tem um conteúdo de hormônio suficiente para 24 horas. Então se a mulher abrir demais o espaço, pode ter escape ( pequeno sangramento durante o ciclo).  Se ela esquecer um dia, o índice de falha aumenta.

 

Para quem está iniciando a tomada, o ideal é começar no primeiro dia do ciclo menstrual, que é até mais fácil para a mulher lembrar; associar que o primeiro dia do ciclo deve ser o dia que irá tomar o primeiro comprimido.  Deve-se tomar uma pílula por dia, de preferência no mesmo horário, respeitar a pausa (se tiver) e iniciar uma nova cartela na data correta.

 

Para que a eficácia contraceptiva seja garantida, é fundamental a tomada diária e regularmente, de preferência no mesmo período (durante 21, 22, 24 ou 28 dias). O intervalo (exceto nas pílulas de 28 dias) deve ser seguido e respeitado.

 

 

LEIA MAIS
17out

Depoimento a favor do uso do adesivo Evra

adesivo contraceptivo Evra, adesivo contraceptivo evra preço, anticoncepcional adesivo nomes, anticoncepcional em adesivo, contraceptivos adesivo, depoimento, evra adesivo contraceptivoPor Fernanda

 

Uso o adesivo Evra há 7 anos. Ele é ótimo, pois como tenho gastrite a pílula me fazia muito mal. Com o uso do adesivo a cólica diminuiu consideravelmente, o adesivo não sai com facilidade (as vezes só as beiradinhas). A desvantagem é a cola em volta do adesivo que fica preta e as vezes gruda na roupa. Outra desvantagem é seu preço elevado. Mas ele é tão seguro quanto os anticoncepcionais. O adesivo tem a grande vantagem de não correr  o risco de esquecer de tomar algum dia.

LEIA MAIS
17out

Saiba: 3 mecanismos de ação da pílula

anticoncepcional mecanismo de ação, contracepção, contracepção feminina, mecanismo de ação do anticoncepcional, métodos de contracepção, o que é metodos anticoncepcionais, os métodos anticoncepcionaisQuando coloca o hormônio em que ele não seja numa liberação como do ciclo menstrual que graduado, que tem formação de pontos máximos e pontos mínimos da produção de hormônio, a mulher está dando a mesma quantidade todos os dias daquele conteúdo de estrógeno e progesterona. E isso impede o crescimento do folículo onde tem o óvulo. Ou seja, impede um amadurecimento e a liberação desse óvulo, pois inibe o mecanismo do ovário. Com isso não ocorre a gestação.

 

Além de ter a margem de segurança de impedimento do funcionamento do ovário, o endométrio não fica propício para a gravidez . Fica um endométrio impróprio. E mesmo se escapasse um óvulo e tivesse um encontro com o espermatozoide, ele não conseguiria aderir ao endométrio para desenvolver um embrião; uma gestação.

 

E, por fim, tem a alteração do muco do colo uterino que é feito pelo hormônio progesterona. É uma barreira própria do impedimento a entrada do espermatozoide. A progesterona altera esse muco e este não fica adequado; não permite a passagem do espermatozoide pelo colo cervical, criando uma grande dificuldade.

 

Concluindo, três mecanismos para uma única função dando uma margem de segurança considerada. A pílula anticoncepcional, quando administrada de forma correta e sob orientação ginecológica, tem uma eficácia de 99%.

LEIA MAIS
16out

Aprenda: Vários tipos de métodos contraceptivos

contraceptivo feminino, contraceptivos femininos, métodos contraceptivos o que são, o que são métodos contraceptivos, quais são os métodos contraceptivos, tipos de contraceptivos femininosHoje é um privilégio para a mulher pois existem vários tipos de métodos contraceptivos com indicações específicas para faixa etária e de que forma está a saúde da mulher.

 

Basicamente se divide em pílulas anticoncepcionais orais que são os comprimidos. Existem cartelas com 21, 22, 24 e 28 comprimidos. Vai depender da necessidade da mulher.

 

Existem também os injetáveis aplicados uma vez ao mês (injetáveis mensais) e a cada três meses (injetáveis trimestrais).

 

O DIU é uma outra opção de método contraceptivo. É colocado dentro da cavidade uterina. O DIU pode ser de cobre e associado ao hormônio progesterona. A mulher não irá menstruar.

 

O adesivo contraceptivo é trocado duas vezes por semana. Pode ser fixado na barriga ou no ombro, por exemplo. Não pode ser fixado em locais com creme ou óleos. É um método mensal.

 

Existe também o anel que é colocado dentro da vagina e o troca uma vez ao mês.

 

Todos os métodos contraceptivos citados acima são compostos por hormônios, exceto o DIU de cobre. E deve ser escolhido juntamente com o ginecologista.

LEIA MAIS
15out

Depoimento de quem toma pílula para combater acne

anticoncepcional para espinhas, combater acne, como combater a acne, como combater o acne, melhor anticoncepcional para espinhas, remédio para acnePor Zana

 

Tomava o anticoncepcional Diclin. Minha pele não tinha acne. Porém tinha enxaquecas muito fortes. Então troquei pelo anticoncepcional Qlaira. Tomei durante 8 meses. Mão tinha nenhum efeito colateral e diminui absurdamente o fluxo menstrual. Mas minha pele piorou pois está com muita acne. Agora troquei para o Gracial. Espero que dê certo.

 

LEIA MAIS
15out

Saiba: Pílula de emergência não é método corriqueiro

anticoncepção de emergência, contracepcao de emergencia, contraceptivo de emergência, métodos de contracepção, o que é contracepção de emergênciaMuitas mulheres ainda tomam a pílula do dia seguinte como se fosse um método de contracepção habitual e sem orientação médica. Essa pílula não deve ser usada para substituir a camisinha.

 

O receituário na hora de comprar essa pílula é fundamental pois só deve ser prescrita sob orientação médica.

 

A pílula do dia seguinte é um contraceptivo de emergência que tem indicações precisas. Serve em situações emergenciais, como falha do método preventivo (camisinha estourou, diafragma deslocou), estupro e não uso de nenhum método contínuo.

 

Existem contra-indicações. Não deve ser usado de forma corriqueira pois a concentração dos hormônios são bastante elevados com relação aos métodos contraceptivos hormonais corriqueiros. E isso traz implicações a curto, médio e longo prazo. A curto prazo é irregularidade menstrual, difícil controle do ciclo e até podendo ocorrer uma gestação. A médio e a longo prazo são os acidentes tromboembólicos, trombose, embolia pulmonar.

 

Como a concentração de hormônios é maior, existem efeitos colaterais, como náuseas, vômitos e enjoos. Esses são mais corriqueiros.

 

Então a pílula do dia seguinte deve ser usada somente em situações emergenciais e sob orientação médica.

LEIA MAIS

ANÚNCIO

FACEBOOK

INSTAGRAM

TWITTER

CATEGORIAS

INSCREVA-SE EM NOSSA NEWSLETTER

Inscreva-se e receba atualizações e não perder as novidades!