25out

Saiba: Não há risco usar pilula por muito tempo

como usar pilula, método contraceptivo, nomes anticoncepcional, pílula contraceptiva, pilula metodo contraceptivo, pílulas contraceptivasAntigamente a mulher fazia uso da pílula e intervalos de descanso. Tomava durante 3 meses e parava durante um mês. Ou tomava durante seis meses e parava durante um mês.

 

Hoje em dia não tem necessidade de parar de tomar o anticoncepcional por um tempo. Pelo contrário. Essa prática expõe a mulher pois naquele mês ela cria outras preocupações e o risco de ocorrer uma gestação. Isso se deve ao fato da pílula ser eficaz enquanto a mulher estiver fazendo o uso corretamente. Ela não tem um efeito de depósito.

 

Então a pílula deve ser usada pelo tempo que a mulher tem que tomar e que não queira engravidar. Pode utilizar durante um ano, dois anos, dez  anos. O tempo que ela precisar.

 

A tomada da pílula durante um tempo não vai modificar a fertilidade da mulher pelo tempo de uso do anticoncepcional. Continua mantendo a fertilidade dela. Assim que parar de tomar a pílula, a reversibilidade desta pode ser imediata.

LEIA MAIS
25out

Saiba: A compra da pílula do dia seguinte

efeitos da pílula do dia seguinte, métodos de contracepção, nomes de pilulas do dia seguinte, o que é contracepção de emergência, pilula gravidezPela lei a compra da pílula de emergência precisa de receita médica. Mas as mulheres acabam conseguindo esse tipo de medicamento sem receita.

 

Ocorreu a situação desprevenida, dificilmente a mulher vai conseguir uma consulta para o dia seguinte para pegar a receita do médico e ir à farmácia tomar o remédio.

 

O ideal é a mulher já ter sido orientada pelo ginecologista “se caso ocorrer uma situação desprevenida, deve usar o anticoncepcional de emergência”. E também já tiver uma receita do médico. Mas sabemos que ela não precisa disso pois pode comprar sem receita médica. O preço varia de R$10,00 a R$20,00.

 

 

LEIA MAIS
24out

Atenção: medicamentos afetam a pílula

anticoncepcionais femininos, contracepção feminina, contraceptivo feminino, contraceptivos femininos, métodos contraceptivos femininos, o que é metodos anticoncepcionaisTemos algumas situações que chamamos de interações medicamentosas. Ou seja, alguns medicamentos podem diminuir o efeito contraceptivo da pílula oral, como por exemplo os antidepressivos.

 

Se é inevitável a mulher fazer uso de algum medicamento que diminua o efeito contraceptivo durante o uso da pílula, deve associar o uso da camisinha masculina ou feminina. Deve-se usar este método adicional durante o período que esteja fazendo uso desse medicamento e por mais 7 dias após o término.

 

E a pílula pode diminuir a eficácia de outros medicamentos, como por exemplo os antibióticos. O anticoncepcional pode diminuir o efeito do antibiótico. As vezes a mulher está tomando este medicamento para tratar de uma infecção. Pode ocorrer a não cura pois a pílula pode diminuir isso.

 

Então temos temos os dois lados da moeda. Tanto alguns medicamentos diminuem o efeito da pílula e com isso ter uma gestação; como também a pílula diminuindo a eficácia de outras medicações.

LEIA MAIS
24out

Depoimento a favor do uso da pílula Norestin

a pilula anticoncepcional, Anticoncepcional Norestin, contraceptivo feminino, contraceptivos femininos, depoimento, o que é metodos anticoncepcionais, o que é pílula anticoncepcional, pilula metodo cPor Juliana

 

Tomei o anticoncepcional Norestin durante um ano. Era ótimo pois não tirou a minha libido. Mas atualmente estou com cisto e mioma. Não sei ao certo se foi o anticoncepcional que causou. Estou com receio de voltar a toma-lo e desenvolver novamente, apesar de ter me adaptado bem a ele. Irei marcar uma consulta com a minha ginecologista.

LEIA MAIS
23out

Alerta: Proteção com uso da pílula do dia seguinte

efeitos da pílula do dia seguinte, métodos de contracepção, nomes de pilulas do dia seguinte, o que é contracepção de emergência, pilula gravidezAlgumas mulheres acreditam que ao tomar a pílula do dia seguinte estarão protegidas de uma possível gestação até a próxima menstruação. E isso é um grande erro. A pílula emergencial protege de relações que já existiram; ocorreram. De futuras relações não. Então a mulher precisa usar outros métodos, como o preservativo.

LEIA MAIS
23out

Depoimento de quem se adaptou bem ao Cerazette

cerazette pilula, contracepção, contracepção feminina, depoimento, métodos de contracepção, o que são métodos hormonais, pilula metodo contraceptivoPor Vivia

 

Estou tomando o anticoncepcional Cerazette a sete meses. Me adaptei bem pois tenho endometriose e meu médico falou q não posso menstruar. Como já fiz cirurgia de um cisto no ovário, ele me orientou a continuar fazendo o tratamento para melhorar minha saúde e a endometriose não voltar. Antes tomava o anticoncepcional Allurene. Como o seu valor é alto, optei juntamente com o meu médico pelo Cerazette que é bem mais barato e tem a mesma eficiência.

LEIA MAIS
22out

Alerta sobre a pílula do dia seguinte

efeitos da pílula do dia seguinte, métodos de contracepção, nomes de pilulas do dia seguinte, o que é contracepção de emergência, pilula gravidezA mulher não deve utilizar a pílula do dia seguinte como método contraceptivo rotineiro. O adequado é ter o acompanhamento ginecológico e este prescrever o anticoncepcional ideal. Atualmente existem outras formas de se prevenir. E ter o anticoncepcional do dia seguinte para situações somente de emergência.

O ideal mesmo é nunca utilizar esse método de emergência. Mas caso precise em situações extremas, é adequado o seu uso. Quanto menos o utilizar, melhor.

Então a pílula do dia seguinte não substitui métodos diários e muito menos a camisinha. E não previne as doenças (DST).

LEIA MAIS
22out

Depoimento de quem se adaptou com Selene

Anticoncepcional Selene, contracepção, contracepção feminina, contraceptivo feminino, contraceptivos femininos, depoimento, o que é metodos anticoncepcionais, pílula SelenePor Cleide

Já tomei o anticoncepcional Selene durante um tempo e perdi 5 quilos. Parei de tomar para tentar engravidar. Nisso engordei 10 quilos. Atualmente voltei a toma-lo pois estou tratando de ovário policístico. Como tem apenas 7 dias que reiniciei a tomada, estou tendo muito enjoo e dor de cabeça, o que é normal no período de adaptação. Tenho uma filha de 6 anos e não vejo a hora de ter mais um bebê.

LEIA MAIS
21out

Aprenda: Tudo sobre o diafragma de silicone

O diafragma é um contraceptivo de barreira com eficácia atestada pela Organização Mundial da Saúde.

 

Por praticamente não apresentar efeitos colaterais e contra-indicações, tem se mostrado uma opção importante para aquelas mulheres que não se adaptam a métodos hormonais.

 

Está disponível em seis tamanhos, que varia de 60 a 85 milímetros de forma a contemplar todas as mulheres. O médico deve medir o tamanho apropriado durante o exame ginecológico. É o próprio profissional quem colocará o diafragma com o tamanho certo, pois vai verificar se houve fixação e cobertura de todo o colo uterino. É importante verificar se há um incômodo ou deslocamento durante a consulta.

 

A sua retirada deve ocorrer após 8 horas no mínimo da relação sexual. Tempo que garante que não haverá mais espermatozoide vivo no canal vaginal.

 

O vídeo abaixo dá várias dicas importantes sobre o diafragma.

Fonte: youtube

LEIA MAIS
20out

Saiba: Efeitos colaterais da pílula de emergência

efeitos da pílula do dia seguinte, métodos de contracepção, nomes de pilulas do dia seguinte, o que é contracepção de emergênciaA quantidade de hormônio contido na pílula do dia seguinte é muito alta. É equivalente a aproximadamente meia cartela do anticoncepcional combinado. Com isso essa pílula d emergência vai causar alguns efeitos colaterais na mulher.

 

O efeito colateral mais comum é a irregularidade menstrual. Muitas vezes a mulher toma o anticoncepcional e acaba tendo um sangramento daqui a 40 dias ou 3 dias depois. Então ela altera muito o ciclo da mulher.

 

Além disso pode provocar náusea, vômitos, dor abdominal e dor de cabeça. Esses efeitos duram em torno de 24 horas.

LEIA MAIS
19out

Aprenda mais: pílula do dia seguinte

efeitos da pílula do dia seguinte, métodos de contracepção, nomes de pilulas do dia seguinte, o que é contracepção de emergênciaExistem dois tipos de pílula emergencial no mercado: uma que é dose única. E outra com dois comprimidos (um comprimido agora e outro daqui a 12 horas).

 

A pílula do dia seguinte deve ser utilizada nos casos em que a mulher teve uma relação desprevenida , ou seja, não utilizou preservativo ou método anticoncepcional que está habituada a usar. E deseja esse efeito de concepção. Há os casos de estupro, que também é indicado o uso dessa pílula emergencial.

 

Quanto antes a mulher ingerir a pílula do dia seguinte, maior a eficácia. O ideal é utilizar em até 72 horas após a relação. Sua eficácia vai diminuindo a cada hora que passa. Se a mulher teve relação e logo depois tomou o comprimido, a eficácia será maior do que se tivesse tomado dois dias depois.

 

Se a mulher tiver náusea e acabar vomitando ou tiver com o quadro de diarreia, até duas horas depois que ela utilizou a pílula, deve repetir a dose.

LEIA MAIS

ANÚNCIO

FACEBOOK

INSTAGRAM

TWITTER

CATEGORIAS

INSCREVA-SE EM NOSSA NEWSLETTER

Inscreva-se e receba atualizações e não perder as novidades!